diHITT - Notícias O Reino dos Bichos: Novembro 2009 BlogBlogs.Com.Br

domingo, 29 de novembro de 2009

Cuidado com este golpe!

Matéria escrita por Eduado.....Valeu eduardo pelo alerta.
Doa-se filhote de Chihuahua: Cuidado! Você pode está sendo vítima de golpe.






Foi através de um dos internautas do EU QUERO UM FILHOTE! que descobrimos um novo GOLPE na praça, o GOLPE DO FILHOTE DE RAÇA PARA DOAÇÃO.

A partir do momento que o interessado em adotar o tão sonhado filhotinho começa a se corresponder, com o "SUPOSTO DOADOR", que, geralmente, é de fora do Brasil, o mesmo informa para a vítima que o animal será despachado através de "X" EMPRESA AÉREA e, que, para isso, é necessário informá-la sobre os dados do destinatário, neste caso: A VÍTIMA, que, em muitas das vezes, informa ao golpista todos seus dados: RG, CPF, ENDEREÇO, NOME COMPLETO etc... Com as informações em mãos, os golpistas agem, utilizando criminalmente os dados da mesma de diferentes formas...

Nossa assídua internauta, quando navegava pelo GOOGLE, se deparou com TAL ANUNCIO: "DOA-SE LINDO FILHOTE DE CHIHUAHUA", entrando, logo em seguida, em contato com o "SUPOSTO DOADOR", que respondeu seu e-mail com muita generosidade, contando-lhe que morava em Camarões, país da África Central, e, que, o Chihuahua era de sua filha, morta em um acidente aéreo, motivo que o levou desfazer do cachorrinho, pedindo-lhe, posteriormente, todos seus dados para que pudesse fazer a reserva do despacho CAMARÕES-SÃO PAULO em uma empresa aérea.

..."Um filhote de Chihuahua varia de R$ 1500,00 a R$ 2000,00. Agora, quando a esmola é muita até o santo desconfia"... Basta pesquisar no GOOGLE que conseguimos verificar diversos anúncios suspeitos.

Que sirva de alerta!
Continue Reading...

sábado, 28 de novembro de 2009

ISTO TEM DE ACABAR!

Cenas de extrema crueldade são vivenciadas dia a dia todos os anos em países conhecidos como de primeiro mundo ou como dizem desenvolvidos econômica e culturalmente.
Mas o que temos visto remete aos tempos dos neandertais,os bebes foca assim como suas mães são abatidos com golpes de porrete.
O departamento responsável pela caça e pesca no Canadá liberou o abate de 270 mil focas neste ano.
As focas são caçadas por causa das suas peles.
De acordo com observadores da ONG The Humane Society of the United States, neste ano as cenas são mais cruéis do que o normal, já que caçadores estão atirando em filhotes de foca que tentam se agarrar a finos blocos de gelo para escapar da morte nas águas geladas.

A maior parte das focas abatidas têm apenas 3 meses de idade.
Depois de serem retiradas as peles, deixam as carcaças para trás.
O Governo canadense diz que é necessário um controle da população das focas, e que os pescadores precisam de ter um sustento fora da época de pescas, mas o numero de animais caçados excede em muito aquilo que o próprio governo delimitou. O argumento da falta de peixe, também é levantado, mas a razão que levou a esta condição não é o excesso de focas mas sim o excesso de pesca.
sealhunt26

A pele é a única razão, que leva à morte mais de 300.000 focas anualmente.
O Canadá é um grande país pescatório, e ao abaterem esta enorme quantidade de focas, estão a caçar animais pela sua pele, o que é ilegal em bastantes países, e como reduzem a população de focas, estas comem menos peixes. E em principio, e como aparentemente será óbvio, as frotas pesqueiras terão muito mais peixe para pescar. Não acredito que esta ultima situação também seja legal.
As focas são um dos alimentos principais de alguns tubarões e baleias. Se a sua população continuar a decrescer drasticamente como tem acontecido até agora, os dois grandes predadores vão ter de procurar alimento em algum lado.
Nos últimos 4 anos, foram mortas cerca de 1 milhão de focas, numa ação a que os ambientalistas chamam de Seal Slaugther – O Abate das Focas.
Esta situação terá uma conseqüência direta, que será o ataque a outras espécies polares em vias de extinção, até desaparecerem, como pinguins, leões marinhos, etc… Outra conseqüência poderá ser a migração para Sul em vez do Norte. E quem durante a viagem vão passar por umas praias de água quente cheias de banhistas…
A maioria dos países europeus é favorável à proibição total da importação de produtos derivados das focas devido às condições em que são abatidas, sobretudo no Canadá, adiantaram fontes diplomáticas.
Na reunião de 27 de Março dos representantes dos 27 Estados membros junto da UE, “uma maioria manifestou-se a favor de uma interdição absoluta. Temos a impressão que os Estados europeus estão quase a escolher esta opção”, disse uma das fontes citadas pela AFP.
Apenas sete países estão contra: a Suécia e a Finlândia, que praticam a caça às focas em pequena escala, a Dinamarca, que tradicionalmente apoia a Gronelândia neste assunto, os três Estados bálticos, Lituânia, Letónia e Estónia, e ainda a Bulgária.
A decisão final deverá ser tomada pelos governos da UE e pelo Parlamento Europeu. 
A Sociedade Humanitária Americana está convocando um boicote a produtos da indústria pesqueira canadense, que movimenta bilhões de dólares. 
Continue Reading...

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Peixe yin yang - Até onde pode ir a crueldade?

Ontem assistindo a uma reportagem do programa Fantástico fiquei indignado com a crueldade demonstrada em alguns restaurantes da China o prato que atende pelo nome de "peixe yin yang",consiste em servir a Carpa ainda viva em molho agredoce como uma iguaria.
Detalhe é que parte do seu corpo está frito em óleo e a única parte que lhe é preservada é a cabeça do animal.
O peixe agoniza por até 30 minutos enquanto é consumido.
Este ato de crueldade causou protestos em todo o mundo...
E você o que acha disso?Deixe aqui o seu protesto em forma de comentário.
Continue Reading...

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Descobertos fósseis de Novas espécies de Crocodilos no Sahara.





Foram encontrados fósseis de novas espécies de crocodilos no deserto do Sahara, com perto de 100 milhões de anos. 

Um grupo de especialistas da Universidade de Chicago liderados por Paul Sereno explorador da revista National Geographic descobriram fósseis de um estranho mundo de répteis até hoje desconhecido. O conjunto de cinco fósseis de crocodilos com perto de 100 milhões de anos mostram características no mínimo estranhas.
Das cinco espécies achadas
três delas são de espécies desconhecidas. Um dos exemplares tem dentes parecidos com as presas dos javalis, enquanto que outro tem um focinho como o bico de um pato. Estes animais habitavam nas zonas que hoje são a Nigéria e Marrocos, numa época em que aquelas regiões tinham muitos rios e os dinossauros eram predominantes no planeta. Os especialistas batizaram as novas espécies como BoarCroc, RatCroc y e SuperCroc.

O maior e primeiro crocodilo descoberto no Saara é o Sarcosuchus Imperator, conhecido vulgarmente como SuperCroc.

Trata-se de um réptil de 12,2 metros de comprimento e oito toneladas de peso. Este não foi, porém, o exemplar mais raro descoberto por Sereno e sua equipe, que posteriormente encontraram outros cinco crocodilos atualmente estudados e que são espécies pouco conhecidas. Muitos desses animais caminhavam erguidos, com suas barrigas tocando o solo.

Os cientistas afirmam que esses crocodilos eram capazes de “galopar” em terra para caçar e mergulhar nos lagos e rios que havia então naquela região. Eles tinham uma mandíbula preparada para esmagar, com três pares de dentes cortantes.

“Seus talentos anfíbios do passado podem ser a chave para entender como eles floresceram na era dos dinossauros e afinal sobreviveram a ela”, disse Sereno.

“Ficamos surpresos em encontrar tantas espécies da mesma era vivendo no mesmo lugar”, afirmou o paleontólogo Hans Larsson, da Universidade de McGill, em Montreal (Canadá) e integrante do grupo de Sereno. 


Estas descobertas deixaram os cientistas surpreendidos, uma vez que no mesmo lugar coexistiam várias espécies de crocodilos, cada um com a sua dieta e hábitos. Estes Animais descobertos teriam vivido quando o mundo era mais quente e úmido e os continentes ainda eram unidos.Alguns eram bípedes, com as pernas em baixo do corpo, em vez de serem rastejantes e terem as pernas ao lado do corpo.

Com verba da National Geographic, Larsson e Paul Sereno, da Universidade de Chicago, estudaram mandíbulas, dentes e os poucos ossos disponíveis dos animais. Também fizeram tomografias computadorizadas para olhar dentro dos crânios.

Continue Reading...

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

1 das primeiras promoções que vão rolar aqui no nosso blog!Participe você também.

É isso ai você posta um comentário aqui no nosso blog, deixa o seu nome e concorre a lindas pelúcias.
São bichinhos pra você,que acompanha aqui os principais fatos e curiosidades da vida animal.
Defenda o planeta,ele é a sua casa e como tal devemos cuidar para que nossa casa seja sempre acolhedora.
Responda ou comente.
Você acha que o governo deve deixar mais as claras as questões ambientais do nosso Brasil,deixando com que o cidadão,no caso você e todos nós tenhamos voz de opinar nas questões para preservação deste que é o nosso maior patrimônio?
O sorteio será realizado dia 18 de Dezembro e os nomes dos contemplados vocês vão conferir aqui!


Adiantando que em Fevereiro começa outra grande promoção aqui no blog!
A série que conquistou o mundo agora aqui no seu blog animal.
Dr House.
Ganhe Dvds da Série aqui em Fevereiro.
Obs: Estas promoções só são possiveis devido a colaboradores que nos ajudam a melhorar a comunicação com o publico alvo deste blog.
Você que procura informações sobre a qualidade de vida do nosso planeta.
Então junte-se a nós nesta empreitada.
E os sorteios são apenas uma forma de atrair você a ler mais sobre estas questões e participar desta campanha em busca de um futuro melhor para todos.
Agradecemos então aqui nossos colaboradores.
Em especial a Vip Brinquedos do Aeroporto de Congonhas por nos ceder pelúcias para o 1º Sorteio.
Continue Reading...

Narval ameaçado de Extinção.....

O narval é um cetáceo característico das águas frias em torno do Circulo Polar Ártico.


com 4 a 5 metros de comprimento e cerca de 1,5 toneladas de peso. Tem uma coloração branca e cinza marmórea e é desprovido de nadadeira dorsal. O dimorfismo sexual na espécie é bastante pronunciado e manifesta-se no dente incisivo superior esquerdo dos machos, que se encontra enrolado em espiral e que se projeta como um chifre. Este dente é feito de marfim e pode atingir até 3 metros de comprimento, quase de metade do comprimento do animal. A presa do macho do narval é fonte de marfim de valor comercial e constitui um atrativo à caça da espécie. Cerca de um macho em 500 tem duas presas em vez de uma.
Uma equipe da Universidade de Harvard e do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia dos EUA descobriu que a presa forma um órgão sensorial de tamanho e sensibilidade excepcionais, tornando o apêndice um dos mais notáveis do planeta.
A descoberta aconteceu quando a equipe passou o material da presa num microscópio eletrônico e descobriu novas sutilezas da anatomia dentária do narval.
Os close-ups mostraram que 10 milhões de terminações nervosas saem do centro da presa em direção à sua superfície, em contato com o mundo exterior. Os cientistas dizem que os nervos são capazes de detectar mudanças sutis de temperatura, pressão, gradientes de partículas e provavelmente muito mais, dando ao animal uma percepção única.
Como eles têm o costume de erguer as presas no ar, os cientistas imaginam que elas poderiam servir como estações meteorológicas sofisticadas, permitindo que os bichos farejem mudanças de temperatura e pressão ligadas à chegada de frentes frias e ao congelamento de canais em meio ao gelo.
Os narvais vivem em pequenos grupos familiares de cerca de 5 a 10 indivíduos, que se reúnem em bandos maiores em zonas costeiras na época do Verão. Nestas alturas estabelece-se uma hierarquização social entre machos, através de lutas que envolvem a presa. Estes animais alimentam-se de bacalhau  e outros peixes de águas frias, bem como de cefalópodes. O narval nada com freqüência até grandes profundidades em mergulhos que duram até cerca de 15 minutos. A maior profundidade registrada foi de 1164 metros e mergulhos até mil metros são comuns.
A população actual da espécie está estimada em cerca de 50 000 indivíduos.
Os narvais foram e continuam a ser caçados por causa das suas presas de marfim. Na Idade Média , a espécie foi explorada pelos Vikings que colonizaram a Groenlândia  e que faziam do marfim de narval uma das principais exportações da colônia para a Europa. Com o desaparecimento da colônia da Groenlândia, o narval passou a ser caçado apenas pelas tribos de inuit, que continuam com esta prática por métodos artesanais nos dias de hoje. Com a colonização do Canadá e o advento dos navios baleeiros, os narvais passaram a ser caçados em massa. Atualmente, a caça é permitida com restrições.
As presas de narvais capturados nas águas do Ártico circulavam por toda a Europa medieval como prova da existência de unicórnios. Tais presas seriam dotadas de poderes mágicos e curativos.
Vejam as imagens deste fantástico animal.
 

O narval só habita as águas frias junto ao Círculo Polar Ártico, acima dos 70º Norte de latitude, ou seja, a Norte da Islândia. Ocasionalmente, foram registadas presenças destes animais noutros pontos da costa europeia, e mesmo no Mar Mediterrâneo, mas ao contrário do que é habitual, eram animais solitários, provavelmente perdidos, já que normalmente vivem em grupos que têm entre 5 e 10 elementos.
A gestação desta espécie dura em média 13 meses, podendo ir até aos 15, findos os quais nasce normalmente apenas um cria. Porém, não é raro ocorrer uma gravidez múltipla e nascerem dois bebês.
É uma espécie em risco de extinção,portanto se o mundo não agir agora estas imagens que estamos vendo acima podem ser as  unicas oportunidades de se ver esta espécie.
 
Continue Reading...

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Nosso protesto.......

Este absurdo continua acontecendo e os responsáveis não se preocupam em esconder os fatos,tamanha é a certeza de que ficar impunes.
Na última quinta feira dia 12/11 foi apreendida 4,6 toneladas de carne de Jacaré pelos ficais do Ibama,entre as cidades de Santarém e Alenquer,no Pará.
A noticia ganhou as principais paginas de sites no mundo.
Não poderíamos deixar de expor aqui nossos sinceros protestos.
 Agradecimentos ao portal G1 do Globo.com
Foto: Marcelo Eickhoff-Ibama/Divulgação

 Não havia nenhuma licença para o transporte da carne, que foi doada para um projeto social. (Foto: Marcelo Eickhoff-Ibama/Divulgação)

Continue Reading...

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Você sabe o que é um Quagga?

Muitas vezes quando falamos em animais quase extintos,não levamos em consideração exemplos que poderiam ser citados para chamar a atenção para a luta que estamos travando para preservar espécies.
Escutamos palavras como,isso vai demorar e se acontecer......
Vamos citar aqui um exemplo de animal que jamais veremos novamente,este belíssimo animal foi extinto a 120 anos.
Seu Nome?
Quagga!

     O Quagga é uma espécie de zebra ( cavalo) que foi extinta há 120 anos atrás durante o atual holoceno nos prados da África do Sul, seus hábitos eram idênticos aos das zebras atuais, porém como habitava uma pequena região específica e foi caçado tanto pela sua carne como pela sua pele, a ponto não sobrar mais nenhum na natureza, fato este que ocorreu em 1872, sobrevivendo apenas alguns animais em zoológicos espalhados pelo mundo. O último representante dessa espécie morreu no Zoológico de Amsterdã em 1883, aumentando assim a lista de espécies extintas pela "Invasão Humana". A terceira imagem é uma foto de um exemplar de Quagga tirada em um zoológico europeu em 1870 por Frederick York.
Dados do Mamífero:
Nome: Quagga
Nome Científico: Equus quagga
Época: Holoceno
Local onde viveu: África
Peso: Cerca de 350 quilos
Tamanho:  1,6 metros de altura
Alimentação: Herbívora

Continue Reading...

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Uma Selva em meio ao concreto.

São Paulo é intrigante em suas formas, em seus mega-edificios em meio a devastidão de elementos que só quem vive nesta imensa cidade pode entender.
O que é mais surpreendente ainda é o fato de nesta cidade cercada de arranha-céus e concreto para todos os lados existe uma São Paulo que poucos fazem questão de enxergar.
Existe uma selva neste concreto!
Você deve estar se perguntando,onde ele esta vendo isso?
Simples basta você por alguns instantes abrir os olhos e apreciar tudo que esta ao seu alcance.
Vemos todos os dias ao raiar do dia uma nuvem de pássaros cantando.
Digo pássaros de todas as espécies imaginaveis.
Por exemplo:
Quem mora na rua Gil Eanes no Broklin Novo pode apreciar todas as manhãs uma galerinha bem animada fazendo a festa nas arvores da região uma grande nuvem de periquitos verdes e eles parecem conhecer bem a região pois estão sempre nos mesmos locais.
Isso sem falar no som do bem te vi,Canário e Sabia que formam uma orquestra na região.
E quem ja não se deparou com a visita surpresa no jardim?
Sim o amigo beija-flor que todos os dias visita centenas de jardins nesta cidade.
E por falar em jardim vou citar um muito diferente localizado na Rua Rita Joana também no brooklin,neste jardim é possivel ver uma pequena cascata correndo junto ao que parece uma cascata,lar de algumas Carpas lá residentes.Outro dia me deparei apreciando a beleza destes.
Na marginal perto da estação cidade universitária é possivel ver capivaras andando de um lado ao outro.
Quer mais outro dia uma surpresa no jornal mais assistido do país,jacaré capiturado por bombeiros.
Aonde?
Nas margens do rio Pinheiros.O animal com cerca de um metro e meio tomava banho de sol tranquilo,entre as pontes da Cidade Universitária e do Jaguaré.
Em 10 anos vinte Jacarés foram avistados nos rios Tietê e Pinheiros,11 deles no mês de Outubro de 2003.
O caso mais famoso foi o do Jacaré Teimoso,que fugiu dos bombeiros por 2 meses antes de ser capiturado.
Poucos sabem mas existem 433 animais silvestres que sobrevivem em pequenas areas verdes em São Paulo.
Quer outro exemplo?
Se você ja visitou o Parque do Ibirapuera em São Paulo sabe do que estou falando são mais de 142 espécies de aves.Algumas muito raras como o Pica-Pau,Cardeal,Garça , Quero-Quero,Coruja Orelhuda.
Ainda em relação ao Parque podemos ver a grande quantidade de peixes que vivem no lago,além de Tartarugas,de esquilos que vivem em algumas arvores.

Em outros parques da capital podemos ver outros animais como o macaco-irerê,o esquilo caxinguelê,veado catingueiro etc...
No extremo da cidade aonde há mata atlântica foram encontrados rastros da Onça-parda(Suçuarana).
Poderiamos ficar horas relatando a riquesa desta cidade mas vamos fazer uma outra proposta a você que esta lendo esta matéria agora e gosta da natureza como a gente.
De uma volta pela sua região e agora observe com outros olhos a sua cidade e vera que podemos ter tempo para apreciar o que a natureza nos proporciona e que esta ali bem diante dos nossos olhos e quase sempre não fazemos questão de ver.
Uma selva em meio ao concreto.
Uma beleza enviada pela vida.


Continue Reading...

Eles amam cores bem vivas!


Você sabia que o periquito-australianao escolhe uma parceira pelas cores?
Nas penas deste magnifico pássaro contêm uma substância química que absorve a luz ultra violeta e a reflete em longa escala.Com isso as penas adquirem um vermelho-amarelado fluorescente.
Justin Marshall Dr. da universidade de Queensland Austrália, e sua equipe,aplicaram filtro solar nas penas dos periquitos-australianos selvagens para estudo de comportamento,reduzindo assim o efeito fluorescente.
"Incrível,mas as aves com penas sem brilho se tornaram menos sedutoras aos olhos do sexo oposto" disse o artigo do The Sydney morning Herald.
De acordo com Marshall o brilho intenso deve indicar que a ave é de alta qualidade.
O caso do periquito australiano é o 1º no reino animal em que se constata o uso da fluosforescência,apesar de haver outros animais com substâncias fluorecentes no corpo.
Continue Reading...

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Formigas com fome de tecnologia!

Um grupo de formigas que aparentemente chegou ao Texas (EUA) em um navio cargueiro se espalhou pelas casas e escritórios de Houston, comprometendo o funcionamento de computadores. Além de se alimentar de plantas e outros insetos, como joaninhas, essa espécie morde humanos e é atraída por equipamentos elétricos, por um motivo que os cientistas ainda desconhecem.
Essas formigas do gênero Paratrechina são chamadas de crazy rasberry – “crazy” (louca) por não andarem em filas e “rasberry” em homenagem a Tom Rasberry, um exterminador que travou uma batalha contra elas. Como têm esse gosto exótico para formigas, elas já fizeram alarmes de incêndio disparar, invadiram um medidor de gás doméstico e também bombas usadas no esgoto. Os insetos “loucos” já foram encontradas no centro Johnson Space, da Nasa, e perto do aeroporto Hobby, mas não causaram danos nesses locais.

“Elas são criaturas muito pequenas, do tamanho de pulgas, e estão em todos os lugares. Há milhares e milhares delas. Se você já viu uma corrida de carro, pode imaginar como elas são. Elas caminham rápido, rápido, rápido. São loucas”, afirmou Patsy Morphew, de Pearland, que constantemente varre as crazy rasberry do quintal e as remove de sua piscina.
Elas se espalharam por cinco regiões de Houston desde a primeira vez que foram vistas no Texas, em 2002. Os cientistas não sabem dizer de onde elas vieram, mas suas primas – as chamadas “formigas loucas” – são encontradas na região do Caribe. “Seria praticamente impossível erradicá-las, pois elas já estão muito espalhadas”, afirmou Roger Gold, entomologista (especialista em insetos) da Universidade Texas A&M.
Os exterminadores de insetos dizem que as “vítimas” – estejam elas em residências ou empresas ficam frustrados – ficam frustradas, pelo fato de as formigas serem resistentes a inseticidas. “A população cresceu de maneira tão intensa que produtos esses produtos simplesmente não fazem efeito”, afirmou Jason Meyers, estudante de doutorado dessa mesma universidade, que está escrevendo uma dissertação sobre essas formigas.
E quando se trata das crazy rasberry, não basta matar a rainha. Especialistas afirmam que cada colônia têm várias dessas líderes, que precisam ser eliminadas. Quando os exterminadores conseguem matá-las, as sobreviventes ainda tiram vantagem da situação, empilhando as formigas mortas e criando uma “ponte” para atravessarem superfícies com pesticida. O departamento de agricultura do Texas trabalha junto à Universidade Texas A&M para encontrar maneiras de deter esses insetos.

Continue Reading...

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Visita ao Zoo de São Paulo...

Um programa que indico é um passeio ao Zoológico de São Paulo.
Você passa horas ali dentro e não percebe.
Vou descrever agora minha visita ao Zoo de SP.
Saimos da minha casa as 09:00 hrs da Manhã.... Nossa que aventura!
Eu,minha namorada, meu irmão mais novo Mateus e meu tio.
Acho que vale descrever a rota que seguimos: Moro no Brooklin Novo ao lado do Shopping Ibirapuera.
Fiz o seguinte caminho peguei o Ônibus Saúde ( é mais fácil de ônibus ) e desci na estação São Judas do Metrô.
Na estação tem diversos ônibus que vão até o Zoológico.
Todo este percurso feito em 58 min.
Depois deste tempo chegamos....Ufa...e Argh....
O argh.....é sinal de que nem tudo é perfeito pois vocês não imaginam a fila que estava na porta....Muita Gente.
Ficamos na fila atentamente e ansiosamente por cerca de 30 min.
Minha namorada ja por demais curiosa já preparou a maquina de fotos,afinal Zoológico tem de ter fotos.
Vocês tinham de ver os rostos iluminados ao passarmos as catracas de acesso ao Zoo.
Maravilha....
Ops deixa eu explicar uma coisa.
Meu Tio e Minha namorada nunca tinham entrado no Zoológico de SP,imagina isto.
Minha familia é de Mato Grosso do Sul,pra ser especifico da cidade de Aquidauana,Portal do Pantanal.
Pegamos o mapinha na entrada e tinhamos de definir um roteiro,mas é tantos animais pra se ver que nem lembro mais como decidimos para onde ir primeiro.

É claro que nesta matéria não pode faltar fotos então:
Fotos: Talita Cunha

Algumas informações básicas que aprendemos durante a visita ao Zoo e com orientação do mapa que na realidade é um release do Zoo.
Fundado em 1958, o Zoológico de São Paulo já recebeu mais de 90 milhões de visitantes, sendo 1.800.000 em 2008.
Localizado em uma área de 824.529 m2 de Mata Atlântica original, o Parque aloja nascentes do histórico riacho do Ypiranga, cujas águas formam um lago que acolhe exemplares de aves de várias espécies, além de aves migratórias. Assim como o lago, a mata abriga animais nativos de vida livre, formando maravilhosa fauna paralela.
Através da exibição de mais de 3.200 animais, representando 102 espécies de mamíferos, 216 espécies de aves, 95 espécies de répteis, 15 espécies de anfíbios e 16 espécies de invertebrados, em recintos e terrários amplos e semelhantes ao habitat natural, o zoológico de São Paulo promove a conscientização do público sobre a variedade e diversidade das formas de vida sobre a Terra.
Nossa acho que estudei bem o assunto mas nada que o mapa distribuído no local não contenha..rsss
Vamos continuar nossa viagem...Talita resolveu que queria ver as corujas...Vou contar um segredo gente...mas jurem não contar pra ela...o apelido dela é Coruja.
Mas tem cada Coruja linda na Natureza e ela é uma delas...rsss
Infelizmente devido ao clima meio chuvoso do dia não conseguimos fotos nítidas das corujas do Zoo .
Mas as informações nós pegamos e aprendemos...As corujas habitam praticamente todo o mundo, e existem espécies tanto nos desertos como em regiões polares. Há corujas que cabem na mão de uma criança e corujas que são do tamanho de uma criança. Corujas que se alimentam de roedores, de sapos, de peixes e até de insetos.

Continuamos por seguir a area das aves e encontramos outro animal fantástico a Harpia,deste temos uma foto não esta muito nitida mas se clicar na foto ela fica maior e da pra se ter uma idéia da força do animal.
A harpia (Harpia harpyja) é a mais forte ave de rapina do planeta. Existe em  muitos países da América do Sul e América Central, mas o Brasil é sua principal morada.
O macho possui em média 60 cm de altura e pesa 4,8 a 6,0 kg, já a fêmea possui 90 cm de altura e peso aproximado de 7,5 a 9 kg, com envergadura de asa de até 2 m. É, assim, a maior de todas as águias.
A fêmea cabe a função de  capturar a caça pesada, como preguiças, macacos-prego, filhotes de veado; e já foi vista capturando um macho adulto de bugio, com peso de 6,5 kg. Com tamanho menor, o macho é mais ágil e captura presas menores e mais rápidas, como seriemas, tatus e cachorros-do-mato.
Possui uma coloração cinza-azulada, um imponente e maravilhoso cocar sobre a cabeça e um disco facial, que contribui com sua audição. Com um bico incomparável e garras poderosas com unhas que medem até 7 cm, maiores que a do urso pardo norte-americano, a harpia é capaz de capturar sua presa em uma árvore sem interromper o vôo!
Uma curiosidade com relação as garras deste animal é que suas unhas são tão fortes quanto o aço.
Na natureza, constrói seu ninho em árvores altas com pilhas de galhos,mas também pode viver em buracos formados em Paredes de penhascos. A fêmea põe dois ovos entre setembro e novembro, mas geralmente só um filhote sobrevive. Este atinge a maturidade sexual e plumagem adulta somente ao 5 anos de idade.
Por ocorrer em quase todo o Brasil, a harpia recebe muitos nomes regionais, como gavião-real, águia-real, gavião-de-penacho e denominações indígenas, uiraçu e canoho. Estes mesmos índios a veneram como o espírito mais valente da floresta, a mãe de todos os pássaros.

Mas infelizmente a destruição das florestas a tem tornado autêntica raridade em diversas partes do Brasil, e é extremamente importante a conservação de seu habitat, para que no futuro, a senhora dos ares, gigante guerreira das florestas, continue existindo. E nós tenhamos orgulho em dizer que em nosso país existe "a mais extraordinária águia do mundo".
Estas informações foram passadas por,Guilherme Augusto Domenichelli e Ricardo Avari,além deste que vos escreve.
É muita ave....poderia descrever todas as que visitamos mas temos de mostrar outros animais do Zoo.
Quem não gosta do simpático elefante?
Pois ele impressiona pelo tamanho e simpatia.

Na realidade visitamos uma elefanta..que ao julgar pela foto parece que ela percebeu que era a atração e fez pose de metida....tipo não tô nem ligando ohhhh...
Como já descrevi os elefantes em outra matéria aqui no blog ai vai um resumo:Os elefantes são os maiores mamíferos terrestres sobreviventes de uma extensa radiação no período Eoceno, incluindo os extintos mamutes e mastodontes. Atualmente existem duas espécies, o elefante africano (Loxodonta africana) e o elefante asiático (Elephas maximus).São membros de um grupo ou ordem chamados “Proboscidea", caracterizado pelo órgão proboscis ou tromba.
Pois continuamos a nossa andança...afihhh já estavamos cansados mas empolgados e chegamos a um animal que é sem duvida um dos mais visitados do Zoo a Girafa.
Com suas pernas compridas e pescoço alongado, a girafa é o mais alto dos animais atuais. O pêlo da girafa é fulvo (amarelo-tostada, alourado) ou rosado, com grandes manchas de cor amarronzada (exceto no ventre, onde o pêlo é branco). As manchas pardas possuem um padrão único para cada indivíduo e o auxilia a se mimetizar por entre as sombras das árvores de seu habitat. Habita praticamente todo o continente, desde o sul do deserto Sahara até a província do Cabo, com exceção das florestas tropicais.
Deixa dar uma paradinha por aqui né gente é hora de comer algo.
Vocês estão curiosos?
No Zoo de SP tem pontos aonde conseguimos matar a fome e de quebra levar algumas lembranças do passeio.
Mas tenha sempre um pensamento em mente não guarde nada para dar aos animais pois todos seguem uma dieta de alimentação feita por nutricionistas que acompanham o desenvolvimento de cada espécime do Zoo.
Pronto estômago cheio demos de cara com a Anta....Deitadona curtindo o clima.A anta (Tapirus terrestris) é o maior mamífero terrestre do Brasil, alcançando até 1,20 m de altura. Vive em florestas e campos da América do Sul, do leste da Colômbia até o norte da Argentina e Paraguai. É um ungulado (mamífero com cascos com estrutura feita de queratina) que tem número ímpar de dedos.
A característica mais distinta da anta é sua narina, longa e flexível, que parece uma pequena tromba. Possui corpo robusto, cauda e olhos pequenos, crina sobre o pescoço e coloração marrom-acinzentada.
Lembra desta foto?
Continuamos em busca de novos candidatos a sensação do Zoo e chegamos até ele o Drº Rino para os intimos.
O grande Rinoceronte Africano.Os grandes rinocerontes brancos (Ceratotherium simum simum) tem origem africana, ocorrendo no sudeste de Angola, na Zâmbia, Moçambique, Zimbábue, Namíbia, Botswana e sul da África. Foi relatado também no Marrocos a aproximadamente 3500 anos atrás. Medem de cabeça e corpo entre 350 a 420 cm, com cauda de aproximadamente 50 a 70 cm. A altura do ombro é de 85 a 150 cm e podem pesar de 1400 kg a 1700 kg (fêmeas) e de 2000 kg a 3600 kg (os machos).

Sua coloração vai do amarelo ao marrom claro, isso quando sujo, na realidade sua cor é puxada para o cinza claro. Outra curiosidade é a presença dos pêlos sobre o animal que são imperceptíveis quando observados de longe. sobre o focinho, há o que costuma-se chamar de “chifres”, mas não são chifres e muito menos cornos, são pêlos queratinizados, ou seja, várias camadas de pêlos, uma sobre a outra, que se solidificaram. O frontal tem em média 60 cm, mas pode chegar a 150 cm em alguns rinocerontes. Em alguns lugares do mundo, são atribuídas capacidades medicinais aos chifres, o que faz com que muitos rinocerontes sejam mortos para a retirada destes.

Sei que muitos devem estar amando como a gente amou estar neste dia,mas fica aqui um gostinho de quero mais......Agradecemos aqui as informações passadas pelo Zoológico de São Paulo que nos recebeu muito bem durante nossa visita ao Parque.
Quem gostou da nossa visita e quer ouvir mais sobre ela deixe um comentario na matéria que logo logo estaremos contando mais do que rolou no Zoo neste dia...e fica aqui um adiantamento do que pode rolar de amtéria pra frente...Vamos contar um pouco da visita de Talita a Corumba MS com Fotos incriveis de Jacarés...Um abração a todos e até a próxima....
Fica aqui um pedido estivemos no Zoo e sabemos das dificudades que enfrentam as pessoas e orgãos responsáveis pelo bom funcionamento do Parque....
Gente eles são heróis pois o gasto é enorme para manter esta estrutura e temos de fazer algo pra ajudar seja visitando ou se você tem uma empresa entre em contato com a adiministração do Parque ou com os orgão competentes para saber como patrocinar uma ação de ajuda ao Zoo pois ele é um dos tesouros de São Paulo e merece ser tratado como tal....
 Informações:
ZOOLÓGICO
Avenida Miguel Stéfano, 4241 - Água Funda - São Paulo - SP - CEP: 04301-905
Fone: (11) 5073-0811 / Fax: (11) 5058-0564
Horário de Funcionamento- 9:00 às 17:00 horas - de terça a domingo - fechamento da bilheteria: 16:00 h
*Abre as Segundas-feiras somente quando for feriado ou véspera de feriado


Chegar ao Zoológico é muito fácil


De Metrô/Ônibus:
Da linha Norte-Sul do Metrô: partem ônibus das Estações São Judas e Saúde.
De Ônibus:
Do termimal Parque D. Pedro II saem duas linhas de ônibus que passam no Zôo:

4491-10 - Zoológico-Parque D. Pedro
475-R - Jd. São Savério - Pq. D. Pedro.
De Automóvel:

Da Zona Norte: Av. Tiradentes, Av. 23 de Maio, Av. Rubem Berta, Av. dos Bandeirantes e Av. Miguel Stéfano.
Da Zonas Sul e Oeste: Marginais (Tietê e Pinheiros) sentido Rodovia dos Imigrantes, Av. dos Bandeirantes e Av. Miguel Stéfano.
Da Zona Leste: Avenida do Estado, Av. Juntas Provisórias, Av. Trancredo Neves, Tunel Maria Maluf e Av. Miguel Stéfano.
Para guardar o carro: estacionamento em frente ao Zoológico com 2.000 vagas.
Estacionamento Particular - Multipark
Em frente ao Parque há um estacionamento para 2.000 veículos com conforto e segurança.

Matéria de Alexander Cunha e Talita Cunha
Continue Reading...

domingo, 1 de novembro de 2009

Dica aqui do Blog pra Você que quer adotar um cão

Pra Você que quer adotar um cãozinho vai uma dica aqui do O reino dos Bichos.
Este blog é demais gente são diversos cães esperando por um lar.
Quer um exemplo?

♥♥ MAYRA ♥♥


MAYRA é uma PINSCHERZINHA de apenas 3 kilos! Tenho fotos onde a seguramos com apenas uma das mãos, ela cabe em qualquer bolsa. Foi retirada de maus-tratos e já deve ter sofrido um bucado nesta vida, apesar de ser bem jovem. Por isso, desejamos agora uma ótima família para ela que sempre possa cuidar bem dela, com amor e carinho. Será doada castrada e vacinada. Daremos preferência para doá-la para famílias que não tenham crianças pequenas, pois pinschers, quem tem sabe, é um cão para adultos e que more em apartamento, pois a bichinha não pode ver uma porta aberta!

Se vc quer saber mais sobre ela e sua história, ligue para


SUELI (011) 7127-2106 ou 8405-3208.


http://www.aquitemcao.blogspot.com
Continue Reading...

Achei ésta no http://www.cachorroparaguaio.com


Reportagem é de Danilo Caseti da Revista Época

É muito comum donos que abandonam seus animais por falta de paciência, tempo ou dinheiro. Confira as dicas de uma veterinária para evitar esse tipo de situação e teste se você está apto para ter a companhia de um cãozinho em casa.

Yorkshire, pinscher, labrador, fila, poodle, cocker. Você sabe escolher qual raça se adapta melhor ao seu estilo de vida e ao que você espera de um animalzinho de estimação? Para quem tem e cuida de um cão pode parecer absurdo, mas é cada vez maior o número de pessoas que compram ou adotam um cachorro e depois o abandonam.

Segundo pesquisa do Instituto de Proteção aos Animais do Brasil (IPAB), o Brasil possui 5 milhões de animais de estimação. Só na cidade de São Paulo, existe 1,3 milhão de cães, o equivalente a um por oito habitantes. A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) para controle do risco de doenças e ataques é a de um cão para cada dez habitantes. É difícil precisar quantos animais são abandonados todos os dias. Ainda de acordo com dados do IPAB, 50% dos animais abandonados são de raça, como poodle, cocker spaniel, pastor alemão, rottweiler e fila, que estão entre as que têm maior índice de rejeição.

A veterinária Fabiana Simões Valverde diz que é muito comum pessoas que, ao enfrentarem algum contratempo com o cão, querem ‘devolver’ o animal. Os motivos são diversos: muita bagunça em casa, aumento das despesas por causa de rações e cuidados com o animal, doença, velhice, mudança. Fabiana sabe disso por experiência própria: ela cria um são-bernardo que foi rejeitado pela antiga dona aos seis meses de idade. “Ele já era enorme, mas um ‘bebê’ ainda. A dona não aguentou a bagunça em casa”, diz.

Por isso, paciência é algo fundamental pra quem quer ter a companhia de um animal em casa. Segundo a veterinária, um cão leva cerca de 15 dias para reconhecer que você é o dono dele e a responder aos seus comandos. Em três meses, ele já deve estar adaptado ao ambiente e obedecer as regras impostas a ele. “Qualquer pessoa pode ensinar regras para o animal”, diz Fabiana. Porém, se a situação foge de controle, o ideal é procurar a ajuda do veterinário ou de um adestrador.

Um fator importante a ser levado em conta é custo mensal para um cão de pequeno porte, os mais procurados - em média, de R$ 150, valor que já inclui gastos com ração, banho e tosa. Além do lado financeiro, existe a questão do tempo que a pessoa tem para se dedicar ao animal. “Não adianta deixá-lo trancado o dia todo dentro de casa e só brincar com ele à noite”, diz. O ideal é que o cão saia pelo menos duas vezes por dia para passear e fazer suas necessidades na rua. Para quem mora em apartamento e tem pouco espaço, as raças mais indicadas são yorkshire, lhasa apso, shitzu, schnauzer e pinscher. Já quem dispõem de um espaço maior pode arriscar a ter cães como golden retriever, labrador e boxer.

A dica de Fabiana para evitar a atitude extrema de abandonar o cão é simples - embora quase ninguém faça isso na hora de comprar ou adotar um animalzinho de estimação. “Converse com um veterinário. Conheça os hábitos dos animais e tenha em mente qual tipo de companhia você quer ter em casa”, afirma.

Continue Reading...

Armillaria ostoyae -Matéria Antiga mas Interessante.


Nas florestas de sempre-verdes do leste do Estado de Oregon,EUA,espalha-se quase que furtivamente o maior organismo existente na terra,um fungo chamado Armallaria Ostayae,diz a revista National Wildlife.
Descoberto em 2000 sob o solo da Floresta Nacional de Malheur,o fungo tem no minimo 2.400 anos e cobre mais de 900 hectares,ou aproximadamente 1.700 campos de futebol,segundo os cientistas que o descobriram,do serviço florestal dos EUA.Ele vive debaixo da terra e aos poucos se espalha de árvore em árvore,geralmente por meio das raízes.
Mas o fungo tem um lado obscuro,dizem os que tratam de florestas.
O Armarilla causa uma doença nas raizes que com o tempo acaba matando as árvores,relata a revista.(National Wildlife e Despertai)


"Fungos como esse são extremamente versáteis", diz Marina Capelari, pesquisadora da seção de micologia do Instituto de Botânica, em São Paulo. "Eles exploram o meio ambiente e crescem indefinidamente." Mesmo que alguns pedaços do organismo morram, isso não compromete o resto da estrutura, que continua viva e em expansão. Acima da superfície o Armillaria ostoyae tem um aspecto bastante diferente. No outono, ele brota em forma de grupos de grandes cogumelos dourados, que podem atingir até 30 centímetros de diâmetro. A cor amarelada deu à espécie o apelido de cogumelo-mel.Segundo a pesquisadora Catherine Parks, da equipe que localizou o megafungo, os cogumelos são apenas a ponta de um iceberg, insuficientes para dimensionar o que existe por baixo da terra e o impacto que o organismo causa na floresta. Para descobrir que estavam lidando com um único ser, os técnicos mapearam toda a região na qual suspeitavam haver trechos do fungo e analisaram amostras de vários pontos. Pelos resultados, viram que os filamentos possuíam a mesma composição molecular e só podiam ter uma mesma origem.

O processo alimentar do Armillaria é igualmente peculiar. O fungo secreta enzimas capazes de quebrar os componentes químicos da madeira em moléculas menores e, depois, sorve o que lhe interessa. Todo o alimento é extraído das árvores, primeiro das raízes e depois do caule. O roubo de nutrientes é tão intenso que a árvore morre. Ao atingir o caule, o megafungo se manifesta sob nova forma, agora uma cobertura esbranquiçada e viscosa, parecida com uma camada de cola. Árvores de grande porte podem sobreviver por muitos anos ao ataque do fungo, mas perdem vigor e têm o crescimento bastante afetado. Um observador atento consegue identificar uma árvore atacada por esse pesadelo subterrâneo: as raízes enfraquecem, as folhas descolorem e caem, a madeira está sempre umedecida. Nem por isso o megafungo é um vilão. Os cientistas o consideram um elo essencial no ecossistema das florestas. A ele cabe o papel de lixeiro, limpando áreas para que novas árvores possam nascer. Mesmo assim, é um consolo saber que um ser desses jamais conseguiria sobreviver numa cidade.(Revista Veja on-line 16 de Agosto de 2000)

Os fungos do género Armillaria são na sua maioria patogénicos, causadores de podridões radiculares em muitas espécies florestais e agrícolas (na imagem é visível ataques em pinheiros e castanheiro), levando na maior parte dos casos à morte das árvores. Uma característica destes fungos é a formação de rizomorfos que são capazes de transportar alimento por grandes distâncias.(http://valentimcoelho.blogspot.com)
Continue Reading...
 

Blogroll

Desmatamento leva a extinção de espécies.

Desmatar leva à destruição dos ecossistemas e à extinção das espécies que neles vivem. A Ciência identificou até hoje cerca de 1,4 milhões de espécies biológicas. Desconfia-se que devam existir mais de 30 milhões, ainda por identificar, a maior parte delas em regiões como as florestas tropicais úmidas. Calcula-se que desaparecem 100 espécies, a cada dia, por causa do desmatamento! http://www.poupetempo.com.br Este site trás informações para se adotar um animal.

O Reino dos Bichos Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template