diHITT - Notícias O Reino dos Bichos: Fazenda de Borboletas ou Borboletário. BlogBlogs.Com.Br

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Fazenda de Borboletas ou Borboletário.


Você já ouviu falar de fazenda de borboletas?
Não?
Numa fazenda de borboletas são criadas borboletas de várias espécies e cores.
Mas para este negócio dar certo é preciso muito esforço e dedicação,visto que o cuidado tem de ser continuo para manter afastados os predadores naturais.
Pássaros,insetos e aranhas.


Uma fazenda de borboletas é empreendimento comercial de grande valor ecológico,pois ajuda a preservas diversas espécies de borboletas.
Se você pensa que isso é uma novidade,esta completamente enganado.
Os precursores deste mercado foram os chineses que criavam mariposas com o objetivo de usá-las na sericicultura( é a parte da zootecnia especial que trata do estudo e da criação do bicho-da-seda ).
Conta-se que segundo a lenda na China, a Imperatriz Xi Ling-Shi (mandarin : 嫘祖, pinyin : Léi Zǔ) estava passeando quando avistou um pequena lagarta. Curiosa, tocou-a. E, de repente, percebeu que um finíssimo fio se destacara do animal e, alongando-se (delicada, mas resistentemente) manteve-se preso ao seu dedo. Docemente, a Imperatriz enrolou o fio e quando mais enrolava mais este se alongava. Notou, também, que produzia uma sensação morna muito agradável. Quando já havia se formado um significante novelo avistou um pequeno casulo e, logo, concluiu era ali que se produzira o fio. Feliz com a descoberta divulgou-a entusiasticamente.
A técnica da demanda por borboletas é bem mais recente.
Alguns talvez nunca tenham ouvido falar do jardim de borboletas da Ilha de Guernsey,cuja experiência consistia em reproduzir exatamente uma floresta tropical,com borboletas de diversas cores e desenhos.
Para que esta experiência desse certo era preciso transportar para a Inglaterra borboletas trazidas dos trópicos,missão esta muito difícil pois muitas espécies vivem apenas duas semanas.
Surgiu então a criação comercial de borboletas.
Enquanto o Sudeste Asiático foi a primeira região a iniciar a criação de borboletas para a exibição, as borboletas da América Latina começaram a ultrapassar os seus homólogos do Leste na popularidade devido à alta qualidade dos produtores de pupas da região e da beleza das borboletas.
A vista de um borboletário é fascinante,são centenas de borboletas voando,se exibindo com suas cores e graça.

Na natureza, o índice de sobrevivência é de 10%. Em cativeiro este índice, chega a 85%. Como as fêmeas têm que ser soltas, aumenta-se o número de borboletas na natureza.
O cuidado começa ja na hora de escolher o tipo certo de plantas para a reprodução e desenvolvimento das borboletas.São várias plantas hospedeiras onde as borboletas depositam seus ovos.
As adultas se alimentam de plantas produtoras de nectar,portanto é muito importante ter uma grande variedade de plantas hospedeiras.
Uma fêmea deposita 100 ovos por vez e tem predileção por uma planta,além de escolher um local especifico nesta mesma planta.
Todos os dias são feitas as checagens para ver se as lagartas já saíram.
A lagarta ao nascer esta faminta e começa a comer a própria casca do ovo.
Um item muito importante e escencial para a sobrevivencia nos berçarios é a limpeza.
Ela evita a disseminação de doenças.
O estágio entre as mudas é conhecido como instar.

 
No quinto e ultimo instar as lagartas ficam penduradas num galho,ramo ou teto da caixa,tentando sair da pele na qual estão envolvidas(envoltório duro)conhecida como pupa ou crisálida.
Neste momento as atenções são redobradas.





As pupas precisam ser coletadas diariamente,pois de outra forma não há como determinar sua idade.
Estas pupas coletadas são cuidadosamente colocadas em caixas de papelão entra camadas de algodão.
Após a coleta o prazo é de 10 dias para a sua exportação.
Passando este prazo as borboletas eclodem e se isso acontecer durante o transporte elas morrem.
Portanto o prazo tem de ser cuidadosamente respeitado.
São instituições no mundo inteiro que recorrem a estas fazendas de borboletas.
Fazendas como estas podem ser encontradas em diversas partes do mundo,lugares como: El Salvador,EUA,Filipinas,Madagascar,Taiwan,Costa Rica,Brasil,etc..
A criação de borboletas em fazendas como estas, tem portanto a sua importância ecológica para a preservação de muitas espécies ameaçadas.




Atenção


No Brasil o comércio ilegal destes animais tem levado algumas espécies a extinção.
A legalização criou um mercado negro, porque os borboletários não suprem a demanda. Os comerciantes continuam comprando borboletas ilegais, especialmente as ameaçadas de extinção, que são as mais raras.
No Rio Grande do Sul e no Paraná,  crianças recebem até R$ 2 por exemplar capturado, dependendo da espécie. No Amazonas, algumas custam até US$ 400.
A lei brasileira no entanto parece estar sendo determinante em alguns aspectos, como por exemplo: apenas borboletas que não estejam ameaçadas de extinção podem ser criadas em cativeiro, ou seja, as mais raras, tão desejadas pelos colecionadores, estão fora dos borboletários.
O que prejudica e muito na sua reposição a natureza.

Obs: No Canadá  milhares de borboletas do Brasil são ultilizadas para produzir quadros com mensagens de felicidades. 
Uma atitude consciente pode fazer muita diferença.
Mas os órgãos competentes tem de providenciar uma fiscalização mais adequada e constante.

7 comentários:

Anônimo disse...

muito interessante, adorei!
Mas como faço para montar um borboletário?

Sonia Guzzi on abril 15, 2011 disse...

Não sabia essa informação.
Obrigada por compartilhar.
Gde abraço, em divina amizade.
Sopnia Guzzi

Anete Rodrigues dos Anjos disse...

Amo as borboletas. Pela sua beleza, pela leveza em seu voo, pela natureza. Infelizmente as pessoas estão cada vez mais insensíveis. Esquecem que destruindo a natureza estão se destruindo.

Graciele pereira de lima bispo on novembro 18, 2012 disse...

inacreditavel lindo perfeito nem tenho palavras para agradecer a Deus tanta perfeiçao
ass gracielle pereira de lima bispo minas gerais parabens pelo trabalho de voces

Graciele pereira de lima bispo on novembro 18, 2012 disse...

inacreditavel lindo perfeito nem tenho palavras para agradecer a Deus tanta perfeiçao
ass gracielle pereira de lima bispo minas gerais parabens pelo trabalho de voces

Anônimo disse...

como é incrivel esse mundo por tras do predios e grandes cidades... coisas tão pequenas e tão lindas,existem ...amo borboletas!!!

Anônimo disse...

È lindo ver a perfeição de DEUS!!!!! AMO borboletas.

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante...

 

Blogroll

Desmatamento leva a extinção de espécies.

Desmatar leva à destruição dos ecossistemas e à extinção das espécies que neles vivem. A Ciência identificou até hoje cerca de 1,4 milhões de espécies biológicas. Desconfia-se que devam existir mais de 30 milhões, ainda por identificar, a maior parte delas em regiões como as florestas tropicais úmidas. Calcula-se que desaparecem 100 espécies, a cada dia, por causa do desmatamento! http://www.poupetempo.com.br Este site trás informações para se adotar um animal.

O Reino dos Bichos Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template