diHITT - Notícias O Reino dos Bichos: Novo alerta sobre a água....Juntos podemos fazer a diferença! BlogBlogs.Com.Br

sábado, 18 de dezembro de 2010

Novo alerta sobre a água....Juntos podemos fazer a diferença!

                                      A água é um bem de todos,cuide para que não falte!

Mais uma vez aqui no nosso blog animal vamos falar sobre a questão da água no planeta.
Água tão valiosa e de vital importância para a vida de todos os seres da terra.
Agora vamos entrar numa pesquisa feita pela ONU  em 2009 na qual o ideal seria diminuir em 40% o consumo atual de casas e condomínios.
O que é assustador é que mesmo em São Paulo um dos centros urbanos mais sofisticados do mundo,os edifícios construídos para o novo século não contam com nenhuma infra-estrutura capaz de dosar o desperdício de água.
Você sabia que uma família de quatro pessoas chega a consumir 800 litros de água diariamente?
O ideal seria 480 litros ou seja 320 litros menos.
Com medidas simples é possível economizar quantia substancial no consumo de água e com isso reduzir o valor de sua conta, ao final do mês, além de contribuir com o meio ambiente.
Segundo  os técnicos do SAAE ( Serviço Autônomo de Água e Esgotos), os principais vilões no consumo excessivo de água são os vazamentos (muitas vezes internos e invisíveis), vasos sanitários, torneiras que muitas vezes respingam o dia todo, problemas na boia da caixa d´água, caixas de descarga nos banheiros, etc.
Muitos podem até achar besteira,dizendo: "Imagine,água acabar? O planeta é praticamente só água! Somos o planeta azul,lembra?


Pois de acordo com as pesquisas da própria ONU estamos prestes a enfrentar uma crise mundial no abastecimento de água, pois apesar da enorme quantidade de água disponível no planeta é potável.
Vinte e nove países já têm problemas com a falta d'água e o quadro tende a piorar. Uma projeção feita pelos cientistas indica que no ano de 2025, dois de três habitantes do planeta serão afetados de alguma forma pela escassez - vão passar sede ou estarão sujeitos a doenças como cólera e amebíase, provocadas pela má qualidade da água. É uma crise sem precedentes na história da humanidade. Em escala mundial, nunca houve problema semelhante.

Você....digo você ai sentado lendo esta matéria,sabe que a ONU tem um documento intitulado: Os Direitos da Água?
Pois se não sabia de uma lida em uma parte do Doc.

Os Direitos da Água

A ONU redigiu um documento intitulado Declaração Universal dos Direitos da Água. Logo abaixo, você vai ler os seus principais tópicos:


  1. A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: é rara e dispendiosa e pode escassear em qualquer região do mundo.
  2. A utilização da água implica respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza.
  3. O equilíbrio e o futuro de nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.
  4. Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade e precaução.
  5. A água não é somente herança de nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo a nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como a obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.
  6. A água faz parte do patrimônio do planeta. Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável pela água da Terra.
  7. A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.
  8. A água é a seiva de nosso planeta. Ela é condição essencial de vida de todo vegetal, animal ou ser humano. Dela dependem a atmosfera, o clima, a vegetação e a agricultura.
  9. O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.
  10. A gestão da água impõe um equilíbrio entre a sua proteção e as necessidades econômica, sanitária e social.

 Alerta Mundial

A humanidade poderá presenciar no terceiro milênio uma nova modalidade de guerra: a batalha pela água. Um relatório do Banco Mundial de 1995 já anunciava que as guerras do próximo século serão motivadas pela disputa de água, diferentemente dos conflitos do século XX, marcados por questões políticas ou pela disputa do petróleo. Uma prévia do que pode ocorrer num futuro próximo aconteceu em 1967, quando o controle da água desencadeou uma guerra no Oriente Médio.
Naquele ano, os árabes fizeram obras para desviar o curso do rio Jordão e de seus afluentes. Ele é considerado o principal rio da região, nasce ao sul do Líbano e banha Israel e Jordânia. Com a nova rota, Israel perderia boa parte de sua capacidade hídrica. O governo israelense ordenou o bombardeamento da obra, acirrando ainda mais a rivalidade com os países vizinhos.

Apesar deste quadro vivemos em um país privilegiado.


Quando o assunto é recursos hídricos, o Brasil é muito rico,nosso território detém 20% de toda a água doce superficial da Terra. A maior parte desse volume, cerca de 80%, localiza-se na Amazônia.
É naquela região desabitada que está a maior bacia fluvial do mundo, a Amazônica, com 6 milhões de quilômetros quadrados, abrangendo, além do Brasil, Bolívia, Peru, Equador e Colômbia. A segunda maior bacia hidrográfica do mundo, a Platina, também está parcialmente em território brasileiro.
Mas a nossa riqueza hídrica não se restringe às áreas superficiais: o aqüífero Botucatu/Guarani, um dos maiores do mundo, cobre uma área subterrânea de quase 1,2 milhão de quilômetros quadrados, 70% dos quais localiza-se em território brasileiro. O restante do potencial hídrico distribui-se de forma desigual pelo país. Apesar de tanta riqueza, as maiores concentrações urbanas encontram-se distantes dos grandes rios, como o São Francisco, o Paraná e o Amazonas.
Assim, dispor de grandes reservas hídricas não garante o abastecimento de água para toda a população.
 É também aqui em nosso país que os dados de desperdício são os maiores do mundo.
Cada brasileiro gasta entre 250 e 400 litros de água por dia. Apenas metade disso seria suficiente para suprir todas as necessidades.
O volume é mais que o dobro do considerado ideal pela Organização das Nações Unidas (ONU) fixado em 110 litros/dia. O Brasil também detém o recorde negativo de desperdício de água por habitante em termos globais.
Brasília é a cidade onde foi detectado o maior desperdício de água no país 1000 litros por dia,por pessoa.
Agora você achou isso um absurdo?
Que tal outro dado.
Na África uma pessoa consome apenas 1 litro de água por dia......viu a diferença?
Uma foto que rodou o mundo e que define muito bem a crise da água na África choca quem acha que o problema não existe.
Uma criança se refresca com urina de animal.
Vendo esta foto temos uma idéia da disparidade existente no mundo.
Você acha forte a cena,pois então pense.
Não queremos sensacionalizar,o intuito é chocar mesmo,assim talvez pensemos melhor nas atitudes que devemos tomar em relação ao bem mais importante para a continuação da existência de vida na terra.
Segundo Paulo Costa engenheiro da H²C, só cinco países no mundo apresentam um nível de consumo de água per capita previsto pela ONU: Alemanha, Bélgica, República Tcheca, Hungria e Portugal. O especialista explicou que os resultados alcançados por esses países são fruto da conjugação de tecnologia com informação, educação ambiental e re-educação da população adulta.
Atitudes simples como diminuir o tempo no chuveiro(o chuveiro responde por 46% do consumo de água dentro de uma casa ),pode fazer muita diferença se elevarmos o numero a milhões de habitantes.
Veja por exemplo:

Você pode economizar 16.425 litros de água por ano ao escovar os dentes, basta molhar a escova e depois fechar a torneira. Volte a abri-la somente para enxaguar a boca e a escova.
Ainda segundo Paulo,o que nós tínhamos de água disponível em 1950 é o mesmo que temos hoje, mas temos alguns bilhões a mais de seres humanos. Então, se não pensarmos em controlar a demanda, estamos completamente errados, porque o trabalho que as concessionárias de água e a população como um todo vêm fazendo é de apressar o término dos estoques. A água é a mesma, precisamos é controlar a forma como usá-la – advertiu. "Temos  tecnologia de sobra no Brasil para gerir a demanda da água, que é um bem finito, não renovável e tem um custo elevado de tratamento."
"O que nós vemos como despesa no balanço de uma empresa pode se transformar em receita, por meio da adoção de programas de racionalização de consumo de água".

Segundo Luana Lourenço a perda de cerca de seis bilhões de litros – é suficiente para abastecer 38 milhões de pessoas – acontece entre a retirada dos mananciais e a chegada às torneiras.
Diariamente nas capitais brasileiras o desperdício de água potável equivale a 2.500 piscinas olímpicas (em média 2,5 milhões de litros de água).
EcoDebate, 24/03/2008.
“Infelizmente, o brasileiro acha que como temos bastante água no Brasil, não é preciso economizar. Pelo contrário, temos regiões em que se você dividir o volume de água pela população, podemos considerá-las como áreas de déficit hídrico, como São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo”, explicou o chefe das assessorias da Agência Nacional de Águas (ANA), Antônio Félix Domingues.
Então vamos tomar consciencia e atitude....Nós podemos fazer diferença sim....ou melhor nós somos a diferença.
Você pode passar a mensagem ao seu vizinho,filho,irmão,amigo,conhecido.
Você é um fiscal da natureza.
Vamos cuidar para não faltar...

Obs: O Brasil é o grande reservatório de água do mundo pois  tem a maior reserva hidrológica do planeta . 20  % da água doce disponível estão no Brasil, que perfazem 53% dos recursos hídricos da América do Sul. Cada brasileiro possui, em tese, 34 milhões de litros ao ano a sua disposição, um volume enorme, já que é possível levar vida confortável com 2 milhões de litros ao ano, conforme as estimativas da ONU.

Um grande abraço gente.

Fontes:    portalportovelho/webciencia/ONU/caetenews/prontowash

5 comentários:

Leh on dezembro 19, 2010 disse...

É preciso divulgar sempre!

O desperdício é falta de consciência.
Há muito tempo, assisti a um filme, de baixa produção, não lembro o nome e passou de madrugada, mas que mostrou um casal, no fim do mundo, sem comida e sem água, que me deixou bastante impressionada.
Sempre conto parte do filme quando vejo alguém não dar o devido valor à água. Pena que não passem mais filmes que mostrem as consequências do abuso do desperdício.

Excelente postagem!

Abraços

carlos roberto on dezembro 19, 2010 disse...

É tudo uma questão de cultura, educação, aprendizado. O brasileiro está começando a ouvir falar de meio ambiente agora. Ele acha que as fontes de água são inesgotáveis. Pura ignorância! Uma pequena fatia da montanha de dinheiro que o governo federal gasta na sua propaganda institucional poderia ser destinada a educar o cidadão.

A lei nos obriga a engolir o a propaganda política em horário nobre. Por que não criar pequenas chamadas com mensagens sobre a necessidade de se preservar o meio ambiente ou economizar água, entre outras de suma importância para o Planeta e o próprio ser humano?

A verdade é que nem eles, os governantes, acreditam que a água pode acabar um dia!

Bela e importante postagem!

Fatima Zanin on dezembro 20, 2010 disse...

Agua é vida, sem ela seria impossivel, tanto para seres vivos como para a gricultura, se ela faltar,avida se tornará difícil aqui no planeta, é preciso conciêntização sobre o problema, todos podem ajudar.
Abraço.

Ca on dezembro 22, 2010 disse...

Tem coisas que são tão simples de fazer para evitar o desperdicio de água, mas tem pessoas que não tem consciência. Tenho uma vizinha que lava a calçada dela todo dia, acho que essas pessoas deveriam levar algum tipo de multa.

Vou imprimir esse post e levar para ela ler!

lalá on março 07, 2012 disse...

Muuuuuuito legal o seu blog!!! Olha o meu http://ajudeomeioambientemundo.blogspot.com!!!

Tomara que você goste e se você puder, seja seguidor(a)!!!

*Beijos*

Postar um comentário

A sua opinião é muito importante...

 

Blogroll

Desmatamento leva a extinção de espécies.

Desmatar leva à destruição dos ecossistemas e à extinção das espécies que neles vivem. A Ciência identificou até hoje cerca de 1,4 milhões de espécies biológicas. Desconfia-se que devam existir mais de 30 milhões, ainda por identificar, a maior parte delas em regiões como as florestas tropicais úmidas. Calcula-se que desaparecem 100 espécies, a cada dia, por causa do desmatamento! http://www.poupetempo.com.br Este site trás informações para se adotar um animal.

O Reino dos Bichos Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template